17.9.15

Conexão Canadá: O som quente e vibrante repleto de referências do produtor Pomo

author photo
O Noisemaker continua nessa viagem musical pelo Canadá e hoje com o ótimo trabalho do produtor e multi-instrumentista Pomo. Se você curte referências vinda do R&B, hip hop e do funk americano dos anos 70 e 80, esse canadense não vai te decepcionar. 


Desde que falei do Pat Lok, na semana passada, tenho notado que o país vem exportando uma cena bem sexy, cheio de suingue e grooves. Existe ali uma forte presença negra nas músicas, como se o R&B e o funk americano estivessem namorando o hip hop e música eletrônica. Toda essa nova releitura do R&B eu tenho enxergado como um reaparecimento da forte cena que rolou de 2003 até 2011 com nomes mega comerciais como Estelle, Beyoncé, Jay-Z, Rihanna, Usher, Chris Brown entre tantos outros. Não diferente Pomo vem se abastecendo dessas incríveis influências que resulta em um som quente e vibrante.


"How I Feel" e "Back 2 U" fazem parte do primeiro EP do Pomo, "The Other Day", lançado em novembro de 2014.


Por possuir experiência em tocar diversos instrumentos, Pomo tem (quase) revolucionado os remixes que lança. Eles são (às vezes) mais interessantes que as faixas originais. Aquele gosto de prato requentado ficou no passado, o cara sabe como ninguém adicionar novos temperos e apresentar músicas deliciosas. Sam Smith, Mark Ronson, Snakehips Alina Baraz & Galimatias, AlunaGeorge, Darius, são nomes que já tiverem seus trabalhos repensados pelo canadense. 



Com seu crescimento na cena eletrônica a meta para o restante do ano é a realização de apresentações ao vivo, que devem ser incríveis, na Europa, Ásia, Austrália e América do Sul, ou seja, logo teremos Pomo no Brasil. Isso será delicioso.

Proxima Proxima
Anterior Anterior

GUIA DE COMO SE VESTIR