1.3.16

Março abre a temporada 2016 (que será extensa e bem interessante) de festivais no Brasil

author photo

Se o ano só começa apenas após o carnaval, então chego à conclusão que março deve ser considerado nosso janeiro, ou seja, o mês que abre 2016. Não sou muito praticante dessa filosofia, até porque muita história já rolou, mas concordo em pensar que março pode ser o pontapé de grandes eventos de música que acontecem por aqui ao logo desse ano. 


Abrimos a temporada nesse sábado, 05, com o festival vindo da Hungria, o OZORA, e que será realizado pela primeira vez no Brasil, para ser mais exato em Americana, São Paulo. O evento é mundialmente conhecido por misturar arte, cultura e o trance psicodélico.

Prova que o tropical house é hoje um dos segmentos mais ouvidos, é a confirmação do Mix Forever Tropical House Festival, no dia 13 de março, no Rio de Janeiro. Kygo, Thomas Jack e Felix Jaehn são alguns fortes nomes da cena que formam o line up do evento. 

Fechando essa primeira parte de festivais, o Lollapalloza trará para a capital paulista o jovem e promissor produtor Zedd, a banda Tame Impala, o duo Odesza, além do projeto Jack Ü, dos produtores Skrillex e Diplo, entre outras atrações. 

Para a música eletrônica esse mês promete ser muito promissor, com grandes e interessantes nomes passando pelo nosso país. Então dando boas vindas para março, o Noisemaker escolheu o set do Thomas Jack, esse australiano que é considerado o inventor do termo “tropical house”. Play e boa diversão!


Proxima Proxima
Anterior Anterior

GUIA DE COMO SE VESTIR