28.4.16

SPFW: À La Garçonne apresenta coleção que estimula o reuso, mas de forma criativa

author photo
A frase do Fábio Souza, proprietário e diretor criativo da marca,
"o vintage é o futuro!" é uma das formas de resumir esse desfile.


Se por um lado o fast fashion trouxe essa ideia de consumo exagerado em velocidade galopante, por outro temos o contraponto quando estilistas estão levantando a bandeira (e fazendo acontecer) da sustentabilidade e o reuso de materiais. Foi a partir dessa motivação que À La Garçonne, do empresário Fabio Souza, fez sua estreia ontem, 27, como (agora também) marca de roupa no São Paulo Fashion Week

A moda de certa forma sempre olhou para o passado para criar o novo, mas aqui a coisa é diferente, já que o projeto é pescar peças e tecidos antigos e reinterpretá-los para agora sim dizer: é esse o futuro. Esse trabalho ficou sob responsabilidade de Alexandre Herchcovitch, que recentemente deixou sua marca homônima para se dedicar a novos projetos, entre eles a criação do braço fashion da À La Garçonne, que começou como um brechó e mais tarde transformou-se em antiquário de móveis e objetos de decoração com curadoria assinada pelo Fabio. 

Alexandre soube espertamente abrir essa nova janela dentro da marca, desenvolvendo peças bacanas que mesmo com delicioso perfume vintage, já que estamos falando em reuso, possui um primoroso olhar contemporâneo e jovem.


A coleção ainda falou de conforto, tendência que vem sendo abordada em quase todas as marcas nesse SPFW, e referências náuticas.


Meu must have vai para a jaqueta pintada à mão pelo artista José Munhoz.


* Fotos: Agência Fotosite/Divulgação.

Proxima Proxima
Anterior Anterior

GUIA DE COMO SE VESTIR