20.6.16

Rio Moda Rio encerra sua primeira edição apenas com saldos positivos

author photo
O Rio de Janeiro estava precisando de um evento de moda com esse molde.


Encerrou na última sexta-feira, 17, a primeira edição do Rio Moda Moda, que como bem contei aqui, abriu o evento olhando para o passado e celebrando personalidades e icônicas marcas cariocas. A cidade sorriu por ter ganhado, novamente, uma semana de moda que trouxe ao Pier Mauá exposições, desfiles, shows e fervidas festas - que todo mundo gosta.

No masculino tivemos bons nomes na passarela como do estilista mineiro, radicado no Espírito Santo, Ivan Aguiar que coloriu as escadarias do Palácio Tiradentes, no centro do Rio de Janeiro. Sua alfaiataria e peças pescadas no sportswear surgiam em tons de azul, roxos, vermelhos, rosas e que foram também mixadas em trabalho de estamparia. Ivan buscou como referencia para o seu verão o trabalho da artista carioca Beatriz Milhazes, que acabou resultando em um desfile urbano, alegre, fresco e leve como bem nosso calor merece. 


Já a Osklen, de Oskar Metsavaht, havia apresentado essa mesma coleção no São Paulo Fashion Week, porém sem passarela e sim em um formato mais intimista. Agora modelos reais flutuavam meio ao espelho d’água no Museu do Amanhã com pôr do sol abençoando a beleza de Marlon Teixeira usando uma roupa de neopreme com recortes feitos em couro de piraruco – que também estava presente em alguns acessórios e calçados. 


Estreias sempre enchem o público de expectativas e essa sensação foi abrilhantada com o trabalho da The Paradise, que já está em sua segunda coleção, porém debutando nas passarelas. As 1001 noites caíram no paraíso em um trabalho rico de detalhes que remetiam a um chic oásis com tapetes e pedras preciosas.  QUERO OURO!


E claro tudo acabou em funk com a Blue Man, agora assinada pela Sharon Azulay, colocando o “som do gueto” na passarela. Belos rapazes desfilavam sungas mais curtas, apostas para próxima temporada, além de shorts e bermudas com estampas tropicais.


Como a moda está cada vez mais democrática, as roupas apresentadas ganharam a rua, na verdade praça, da recém vitalizada Praça Mauá, deixando claro que o evento quer aproximar ainda mais as marcas dos consumidores finais. 


Fotos: Marcelo Soubhia (Agência Fotosite)/Divulgação.

Proxima Proxima
Anterior Anterior

GUIA DE COMO SE VESTIR