19.4.17

TERRA À VISTA: A EVOLUÇÃO E O AMADURECIMENTO DA MARCA FOXTON

author photo
O jovem que vivia no mar cresceu e enxergou que era hora de descobrir outros lugares e ir atrás de novos ares.


Uma das marcas masculinas que eu mais gostava no Rio de Janeiro, enquanto morava na cidade, era a Foxton. Mesmo ela tendo em seu DNA o famoso “menino Rio” como publico alvo, a grife sempre soube trazer peças bacanas com muita informação de moda aos consumidores, saindo daquele lugar comum que, infelizmente, algumas indústrias por lá acabam apresentando em suas coleções. 

Mesmo a distância venho acompanhando os passos da Foxton e as últimas caminhadas levaram aquele “homem” para fora das praias e os colocaram em outros ambientes. Se antes a praia era o destino final, agora a marca aposta em um jovem cosmopolita e que está conectado ao mundo – mesmo que seja das areais.


É visível como a Foxton evoluiu, talvez junto do seu público. Vislumbrando novos ares -principalmente com a ideia de expandir seu mercado para outros estados - viu que estava na hora de construir coleções que pudessem ser assimiladas e consumidas do Nordeste ao Sul do nosso país, que possui seus próprios códigos e micro tendências de vestuário. 


O conceito athleisure mesmo que estivesse presente em coleções passadas ficou ainda mais claro nesse outono-inverno, que acaba de ser lançado. A alfaiataria mixada ao esporte nunca esteve tão presente em peças que prezam pelo conforto em uma cartela de cores contida, em tons mais sóbrios, que ainda refletem o “menino Rio”, solar, mas agora com mais maturidade. Esse amadurecimento só vez bem a Foxton e resultou em uma bela evolução que tem tudo para explodir e ganhar o Brasil, talvez até o mundo.



0 comentários


EmoticonEmoticon

Proxima Proxima
Anterior Anterior

GUIA DE COMO SE VESTIR